Mudanças - Prólogo

O Brasil era um pa�s repleto de corrup��o e medo. Mas tudo estava prestes a mudar. V�rios l�deres, �dolos e her�is com boas inten��es, j� havia tentado mobilizar uma popula��o inerte. Foi preciso que bandidos fizessem um mal terr�vel (e ir�nico), para que a popula��o percebesse que n�o poderia mais reclamar, enquanto espera a solu��o.

O caos reinava nas ruas do Brasil. Os bandidos haviam tomado conta e não tinham mais limites. Durante vários anos, a violência foi se tornando cada vez maior e, infelizmente, a sociedade parecia cada vez mais tolerante.

A mídia sempre polemizava, e repetia a exaustão os detalhes da morte de uma criança que, aos sete anos, foi arrastada por bandidos que a amarraram num carro e percorreram 15km esfolando o seu corpo. Com um juiz que, bêbado, atirou em um vigia de supermercado e saiu impune. Com a própria impunidade, fruto de um sistema arcaico, lento e corrupto que formava os orgãos de fiscalização e repressão do país.

Foi preciso uma ameaça terrorista para fazer com que a população se movimentasse. Foi preciso que alguém fizesse o errado, mas que muitos achavam necessário, para que a população tomasse conta de que não podia mais ficar parada.

Foi preciso que um grupo de bandidos fizesse o que parte da população, mesmo indignada, chamasse de um "merecido castigo divino".

Foi preciso explodir com metade de Brasília.

The End

2 comments about this story Feed