Cidade sem esquinas

Ele olhava para o céu como fazia sempre quando buscava uma resposta para qualquer coisa. Olhava e esperava que alguma estrela mudasse de lugar ou que alguma chuva de meteoros quebrasse o silêncio do céu.

Prontificou-se a dar um retorno positivo às pessoas próximas. Superar a onda das críticas, mas ainda não tinha a mesma velocidade com que lhe faziam as críticas.

Sabia que sem sacrifícios nada sairia do lugar, principalmente neste  lugar onde tudo que deixou de oferecer qualquer atrativo, até céu tornou-se entediante, por que haveria de perder tempo esperando por sinais? 

Desceu do céu e começou andar pela calçada vazia. 

The End

0 comments about this story Feed